Onde a excêntricidade revela-se estapafúrdiamente

Posts tagged ‘artigos’

Brega x Politicamente Correto

Para todos os amantes da censura

Na música brega, os seus cantores e compositores sempre tiveram uma liberdade de expressar suas idéias sem escrúpulo, adotando temas populares que faziam parte ou fazem parte da cultura brasileira e do imaginário popular, desde histórias sobre prostitutas, traições, a masculinidade, a feminilidade, a homossexualidade, as crianças, as drogas, a bohemia, a vagabundagem, a malandragem, os animais, as fantasias sexuais, o comportamento humano e outros diversos, abordados de forma simples e de fácil assimilação pela maioria das camadas populares. A música brega sempre foi motivo de preconceitos pela sociedade, principalmente, por aqueles que se consideram cultos ou intelectuais demais para aceitar esta música.

O ponto que quero chegar é sobre o papel importante que a música brega tem a respeito de expor e contribuir para liberdade de expressão. A censura sempre existiu, durante toda historia da humanidade sempre houve perseguição para exclui tudo aquilo que fosse contrario aos bons costumes e a moral da sociedade ou ao ideal do “estado”, fazendo com que essas pessoas que tinham idéiasdiferentes ou contrarias a alguém, vivessem na marginalidade. Pois, a maioria dessas pessoas com idéias marginalizadas foram as que mais influenciaram e contribuíram para o progresso e a inovação do mundo. E independente das idéias que elas tinham, apenas estavam evidenciando o seu direito que deveria ser legitimo de cidadão.

Viver com a lingua presa não tem graça!

Tudo que é brega não tem medo de ser criticado, porque ser brega já e motivo de crítica, seja qual for o tema ou o assunto abordado. E hoje se fala tanto em ser politicamente correto, que isso também se torna um tipo de censura da atualidade, seja num livro, na televisão, na radio, numa pintura, não pode fazer nenhuma tipo de apologia recriminatória ou algo considerado como ofensa a moral e a dignidade humana, porque se fizer as consequências são inúmeras na vida social.

A música brega sempre faz questão de evidenciar sua liberdade de expressão, por isso mesmo, eu fiz questão de colocar a música Vira-Vira de uma das bandas mais irreverentes, os Mamonas Assassinas. Lembrando que a banda toca rock que não deixa de ser brega.

Advertisements

Música para uma prostituta

Odair Jose

Odair José

Odair José, um dos maiores cantores bregas do Brasil, prestigiou com a música Vou tirar você desse lugar, que marcou a sua época e tornou-se um clássico da música brega. A letra da música conta a historia de um cara que se apaixonou por uma prostituta de um cabaré e promete tira-la do ambiente que ela se encontra, tentando convencê-la para fica ao seu lado e disposto a sofrer os riscos do julgamento das pessoas caso existisse.

Essa música é do tempo que não existia ou ainda não tinha se expandido a AIDS, e alias, na época não tinha uma grande divulgação dos métodos anticoncepcionais, então as prostitutas as vezes dava uma pimbada ou copulava sem nenhuma proteção e não estava envolvida em nenhum movimento feminista ou exigindo o seu direito como trabalhadoras. Tinham consciência da sua posição, pagando fazia de tudo, e como eram profissionais do sexo, na cama fazia gostoso. Nisso um otário se apaixona por esta mulher e tenta tirar ela do cabaré, com tantas mulheres para se ter, escolheu logo uma mulher da vida, achando que lavando e passando talco já era o suficiente.

Só o talco não basta!

Artista: Odair José – Vou tirar você desse lugar(original)

Artista: Paulo Miklos – Vou tirar você desse lugar

Artista: Los Hermanos – Vou tirar você desse lugar

LETRA DA MÚSICA

VOU TIRAR VOCÊ DESSE LUGAR

Olha, da primeira vez que eu estive aqui
foi só pra me distrair
eu vim em busca de amor

Olha, foi então que eu le conheci
naquela noite fria
nos seus braços meus problemas esqueci

Olha, a segunda vez que eu estive aqui
Já não foi pra distrair
Eu senti saudade de você

Olha, eu precisei do seu carinho
eu me sentia tão sozinho já não podia mais le esquecer

Eu vou tirar você desse lugar
eu vou levar você pra ficar comigo
e não me interessa o que os outros vão pensar
2x

Eu sei que você tem medo de não dar certo
pensa que o passado vai estar sempre perto
e que um dia eu posso me arrepender

E eu quero que você não pense em nada triste
pois quando o amor existe
não existe tempo pra sofrer

Eu vou tirar você desse lugar
eu vou levar você pra ficar comigo
e não me interessa o que os outros vão pensar

Crepúsculo: Um drama romântico de vampiros brochas

O Drama Romântico

Conheces a real estória do vampiro? A sua simbologia? O seu caráter? O verdadeiro tema dos filmes de terror?

Nas produções cinematográficas vale de tudo não é isso? Misturar historia a outras historias, características a outras diversas, fazer uma mutação física e mental. Nos filmes há esta liberdade, se desprendendo de contextos tradicionais e criando novos.

Então o que o faz da saga crepúsculo ou o próprio filme ser brega? A própria estória do vampiro que foi mudada ou avacalhada.

Um vampiro que vira estampa de calcinha?!

O vampiro é um ser mitológico que se alimenta de sangue humano, certo? Desde sua origem ele foi se adaptando a outras características, podendo assim ser identificável por vários fatores. Eles tem o poder se transformar em morcego e de poder ser morto por uma estaca no coração, são seres aterrorizantes que vivem durante décadas fazendo vitimas e adoram retirar a virgindade de moças e beber o seu sangue. Formas de combatê-los incluiriam o uso de objetos com valor sagrado tais como hóstia consagrada, rosários, metais consagrados, alhos, água benta, não podendo se expor ao sol e um detalhe eles dormem. Resumindo o vampiro é imortal, aterrorizante, sedutor, safadão, pega varias mulheres para beber do seu sangue e o extinto fala mais alto.

O verdadeiro vampiro dorme bem acompanhado

Conheceram o que é o vampiro? Agora imagina o contrário disso. Entendeu o que é a saga crepúsculo? Uma drama romântica adolescente.

Você sabe dar beijo de lingua?Sabe?

Os filmes de vampiro são de terror?! Na verdade são, mas quando mudam o contexto, possa ser que não cause terror nas pessoas, mais façam até chorar pela emoção, pelo romance, no apelo dramático do filme. Muitos fãs, as mulheres principalmente, tem um amor platônico pelo personagem Edward Culler, o vampiro que faz romance com Bella Swan, ele é o ser que a  autora Stephenie Meyer criou como um ser protetor, amável, bondoso, romântico e aventureiro. Ohh que lindo! É brega!

Uma borboleta do jardim brilha do reflexo do sol

Fazer um filme de vampiro que é considerado terror ser uma drama romântica, sem dúvidas, Crepúsculo é brega.

Ele tem mais de 200 anos mas ainda é virgem

Crepúsculo é uma saga de vampiros modernos, então eles escutam a banda Muse e Paramore no filme, ressaltando que nenhuma das duas bandas é brega, é rock, mas o verdadeiro estilo dos vampiros é o medieval, o gótico, eles tocam e escutam aqueles órgãos e pianos sombrios. Então deixei um clipe da banda Muse e uma música de uma serie de videogame, Casthevania.

O moderno e o tradicional.

Artista: Muse

Música: Neutron Star Collision (Love Is Forever)

Artista: Casthevania(Trilha sonora)

Música: Symphony Of The Night

Um ator que fez varios filmes de vampiros e marcou o gênero, o ator Christopher Lee, do tempo que os filmes de vampiro era terror.

Christopher Lee

Wagner Moura um típico brega

 

O ator célebre nas suas atuações no cinema, consagrado nas novelas e na televisão brasileira, possui uma banda de rock que toca músicas bregas, alem de ter um repertorio próprio ao estilo roceiro brega. Com origem em salvador a banda tem uma trajetória desde 1992, apesar de ter parado por uns tempos e retornando logo depois. A banda foi criada entre amigos da universidade antes do ator ser famoso, então, se a banda fosse formada hoje ela se chamaria Wagner Moura e banda, pois o maior publico que ele recebe são fãs do trabalho dele como ator e lembrando: a maioria é mulher!

Wagner Moura

 

Apesar de que não importa muito falar os nomes dos integrantes da banda, pois parece mais uma carreira solo do Wagner Moura do que o próprio grupo irei relatar que alem do ator(voz) tem o Gabriel Carvalho (guitarra), Ede Marcus (guitarra), Serjão Brito (baixo), Claudinho David (violão), Tangre Paranhos (teclado) e Leco (bateria). Eles tem influências de Radiohead, the Cure, The Smiths, Led Zeppelin e Pink Floyd, além de cantores bregas como Odair José, Reginaldo Rossi, Waldick Soriano e Márcio Greyk, vamos dizer que a banda é uma mistura de rock inglês com brega.

 

A minha mãe não seu merda é a "Sua Mãe"

 

Neste filme recente que o ator Wagner Moura atuou o “VIPs” tem uma atuação dele cantando uma musica de Legião Urbana com sua Banda Sua Mãe. O filme conta a historia de um cara brasileiro que assumia várias identidades, com nomes variados e funções diferentes na sociedade na qual aplicava diversos golpes, o filme é parecido com o “Prenda-me se for capaz” como protagonista Leonardo DiCaprio.

O ator se intitula como brega, e tem a música brega como a super popular do Brasil. Isto eu concordo, sem dúvidas, apesar do brega esta se reinventado e se misturando a outros estilos. Confiram algumas música de Sua Mãe:

 

 


 

 

 

 

 

Aos Boyzinhos e as Boyzinhas ou seja ao Dia dos Namorados

Essas musicas e pra quem tem sua boyzinha e seu boyzinho como namorado. Não estou falando de ficante ou outro flerte qualquer com uma pessoa.

Comemora-se o dia dos namorados, mas não se comemora o dia dos casados. Por quê?

Namorar é diferente de estar casado, mesmo que a união seja consensual. Quem namora não convive, não compartilha do mesmo prato. Namorar é despretensioso, é uma fase de relacionamento muito vaga, por isso que é bom, por isso que muitos adoram namorar e fogem do casamento.

Depois daqui vai rolar o que?

Um casado chifrudo é pior que um namorado chifrudo, leva a fama pra o resto da vida, quem namora passeia e anda com solteiros, casados e enrolados. Mas um casado tem que andar com gente casada, se for almoçar, ir ao cinema, ir ao um show, etc. Tanto para o homem como para a mulher é um costume inconsciente ou determinado não se misturar com solteiros. Será que eles são uma ameaça para um homem ou uma mulher casada?! Isso é verdade? Ou os tempos mudaram? Tem coisas que não muda.

O que vou dar ao meu namorado? Aquilo de novo?

Não esta no contrato do matrimonio ou determinado na união consensual essa restrição. Mas num namoro existe mais liberdade, a não ser que o homem seja um frouxo e a mulher mande nele e ele não consiga conduzir um simples namoro. Se ele não conduz ele esta pré-determinado a ser corno. Você pode brigar com sua namorada, escutar o seu desabafo e ir para casa, se não gostou, acaba com o namoro. Simples?! Um casado escuta o desabafo e tem que conviver com o estresse e as lamentações da mulher e ainda pagar os custos disso tudo.

Quem namora é considerado solteiro quem é casado é considerado atado, amarrado, ligado a alguém.

Mãe! Mãe! Eu não quero casar não!

 Feliz dia dos namorados!

Artista: YAHOO

Música: Mordida de Amor

Artista: Roberto Carlos

Música: Amor Perfeito

Agradecimentos

Views all-time

 

Os meus agradecimentos a todos os visitantes que contribuíram para os 375 views all-time desde 05 de maio de 2011.

 

A todos os visitantes

 

Eu não tenho pra que mentir sobre esses dados, porque a minha intenção esta na qualidade e não na quantidade, se uma minoria esta curtindo e se divertindo é o bastante para mim. Pois afinal eu sou um blogueiro amador.

 O blog foi criado para o trabalho de faculdade, então como a apresentação do blog já foi finalizada, mesmo assim continuarei a postar. Mas agora em diante não quero manter a obrigação de ficar atualizando, pois sempre que puder irei postar ou semanalmente ou a cada duas semanas. E posso dizer uma coisa:

“Os bregas” não vai deixar de ser brega com o seu mesmo estilo despojado. Já deram pra ver que blog não atende apenas o musical, mas em todas as áreas da sociedade e comportamental das pessoas. Se não gostou ou não concordou com um artigo ou um post, lembre-se que o blog é brega!

OBRIGADO!

Popularidade da música Brega por Paulo Sérgio

Paulo Sérgio

Nada se compara a grande popularidade do brega, Paulo Sergio, um dos maiores cantores populares do Brasil evidência isto, neste vídeo no programa Caravela da Saudade Especial em 1978, apresentado por Alberto de Andrade e transmitido pela Rede Tupi. Paulo Sergio, apesar de possuir uma carreira artista bem sucedida, chegando a realizar shows no âmbito internacional, como nos Estados Unidos, Europa e America Latina, o cantor sofreu muito preconceito da mídia cultural e fonográfica devido ao seu início de carreira imitar algumas músicas do cantor Roberto Carlos e também pelo seu estilo romântico popular ou brega com temas tristes. O Cenário Artístico era muito restrito a artistas consagrados pela mídia, e Paulo Sergio sofreu esta restrição, apesar de Paulo Sergio já ter se apresentado em outros programas, como o de Silvio Santos devido a sua grande popularidade e admiração pelo público. 

Rede Tupi

Programa Caravela da Saudade Especial 1978

Paulo Sérgio – Eu te amo, eu te venero

Todo mundo já pegou o refrão, vamos lá:

Eu te amo, eu te venero
És para mim, tudo tudo que eu quero
eu te amo, eu te venero
És para mim tudo tudo que eu quero